Profissão: Professor de Yoga

Diariamente recebo muitas questões sobre Yoga e cursos de Yoga, mas a pergunta que chega com mais frequência é: Por favor pode me indicar um curso para formação em professor de Yoga???

Sempre me pergunto qual a melhor resposta para aquela determinada pessoa, pois o que é bom para um pode não ser para o outro, e pensando em tantas respostas aleatórias resolvi escrever esse artigo para ajudar a direcionar as pessoas.

A primeira coisa que preciso dizer é: Ser professor é diferente de ser praticante! Ponto final e não questione isso! Ir duas vezes por semana praticar Yoga é totalmente diferente de dar aulas e dedicar-se integralmente ao estudo do Yoga. Não quero desanimar ninguém, mas é importante saber que 99% dos bons professores de Yoga simplesmente são professores por que tinham que ser… sabe aqueles papos de que as coisas acontecem? Sim, acontecem! Eu mesmo nunca desejei dar aula, nunca sonhei em ser professora, sempre estudei pra mim e por mim e quando mesmo esperei estava lá conduzindo uma turma.

Quer ganhar dinheiro com Yoga?

Então melhor procurar outra profissão! Eu não estou dizendo que você não vai, mas que esse não seja o seu objetivo querendo dar aulas, por favor.

A quanto tempo você pratica Yoga?

Como assim, isso faz diferença? Sim faz toda a diferença! Pense que a profissão professor de Yoga não é algo que você decide da noite pro dia, ou como planeja a faculdade que vai fazer assim que termina o terceiro colegial. Pra ser professor de Yoga, primeiro, você deve ser um praticante dedicado, sincero, e que tenha como propósito de vida a busca pelo autoconhecimento. Que além daquelas duas vezes na semana que você vai até o studio de Yoga praticar, que você também leia sobre Yoga, estude, cante mantras, medite, e dedique-se a fundo ao entendimento da sua verdadeira natureza.

Eu amo Yoga mas não tenho certeza se eu seria um bom professor!

Já pensou em fazer um curso para você? Para se aprofundar e entender um pouco mais sobre toda essa cultura? Sem cobranças, sem largar seu atual emprego, sem expectativas! Apenas vá estudar, deixe que as coisas fluam.

Eu tenho certeza! Quero dar aulas!

Eu amo Yoga, eu quero realmente difundir essa cultura, vou proteger a tradição e estou preparado…

Bom acho que agora você pode pensar em encontrar o melhor curso pra você! Embora o Yoga seja um só, existem muitas linhagens e escolas diferentes, então o primeiro conselho é: converse com o seu professor. Se você ama tanto o Yoga é por que se identifica com aquele lugar que frequenta regularmente, então descubra quem é o professor do se professor, e se o mesmo oferece cursos de formação, a possibilidade de você acertar é de 100% já que está dentro dessa tradição. Se você pratica Kundalini Yoga por exemplo e for fazer um curso de Hatha Yoga no mínimo se sentira perdido naquele local. Continuar dentro da sua tradição é o primeiro passo pra que tudo dê certo.

Depois de conversar com o seu professor já terá algumas ideias de onde estudar. O próximo passo e conhecer os professores. Comece a pesquisa usando a internet, não estou dizendo pra descobrir o valor do curso, mas sim quem são os professores! Leia artigos, assista vídeos, tente conhecer o professor com quem vai estudar pra ver se o mesmo toca o seu coração. Se puder marque uma aula com o mesmo e vá conhece-lo pessoalmente, sinta o lugar, a aula, depois desse contato vai saber se é a pessoa certa para você.

Antes de escolher meu professor eu fui até ele, participei de um retiro de Yoga, escutei o que ele tinha pra falar e fiz todos as questões e julgamentos que podia. Quando o curso terminou senti que era ali que queria estudar.

Não escolha um curso pelo preço!

Eu teria vergonha de pensar ou fazer isso! Você não escolhe um curso por que é mais barato que o outro, você escolhe por que é o melhor pra você!

Tenho que sair da minha cidade, e agora?

Provavelmente. É preciso um pouco de esforço da sua parte, você está realmente pronto pra isso? Alguns cursos levam 1 mês inteirinho e você fica lá isolado do mundo. E quer coisa melhor? Pra mim esses são os melhores pois acontece uma imersão muito profunda, mas aqueles de final de semana podem ser tão bons quanto! Resumindo: disciplina e determinação!

Pronto, encontrei meu professor!

Vá estudar então, depois você decide se vai dar aula rsrs

Agora depois de todo esse sermão (literalmente) deixo as minhas indicações. Provavelmente se você fosse meu aluno te indicaria esses professores, não são os únicos, existem muitos outros, esses são só aqueles que EU conheço! Investigue, pesquise, não esqueça: primeiro vá conhece-los, depois faça a sua própria escolha.

Indicações de curso de Formação:

1- Pedro Kupfer – www.yoga.pro.br
Mariscal – SC

2- Bruno Jones – www.yogabhumi.com.br
Rio de Janeiro – RJ

3- Juliana Araújo – www.humaniversidade.com.br
São Paulo – SP

4- Anderson Allegro – www.arunayoga.com.br
São Paulo – SP

5- Sandro Bosco – www.espacodham.com.br
São Paulo – SP

6- Tales Nunes – www.vidadeyoga.com.br
Florianópolis – SC

7- Joseph e Lilian Le Page – www.yogaencantanda.org
Garopaba – SC

8- Laura Packer – www.chacarananda.com.br
Campo Alegre – SC

9- Marcos Shultz – www.simplesmenteyoga.com.br
Florianópolis – SC

10 – Camila Reitz – www.camilareitz.com.br
Florianópolis – SC

Boas práticas, bons estudos! Namaste!

Patrícia de Abreu Burgo

One Response to “Profissão: Professor de Yoga”

Deixe seu comentário