O que é Yoga?

Yoga é uma cultura, uma filosofia prática, um estilo de vida saudável que tem como objetivo equilibrar e harmonizar o corpo, a mente e as emoções.

Significado de Yoga

O Yoga (योग) é uma filosofia prática que visa a libertação do indivíduo através do reconhecimento da sua verdadeira natureza.

Vem da raíz sanscrita Yug que significa unir. A união de si com o todo.

Apesar de o Yoga ser apenas um, existem diferentes caminhos ou ramos dentro dele que dialogam entre si. Cada pessoa pratica aquilo que está preparada para praticar. Cada yogi constrói seu próprio caminho. As maneiras mais conhecidas de Yoga são:

– Karma Yoga: Yoga da ação desinteressada

– Bhakti Yoga: Yoga baseado na devoção

– Jñāna Yoga: Yoga do conhecimento

– Mantra Yoga: Yoga do som sutil

– Haṭha Yoga: equilíbrio das energias internas

हठयोग Haṭha Yoga

É o tipo de Yoga mais conhecido e praticado no Ocidente. É um sistema bem elaborado de técnicas psico-fisilógicas que buscam equilibrar e harmonizar o corpo, a mente e as emoções.

Incluem os seguintes exercícios:

– षटकर्म ṣaṭkarma :: purificação interna

– आसन āsanas :: posturas

– प्राणायाम prāṇāyāmas :: exercícios respiratórios

– बन्ध bandhas :: travas energéticas

– मुद्रा mudrā :: gestos psíquicos

Ha-ṭha Yoga se traduz literalmente como Yoga da força, ou Yoga físico. A prática física é um momento único de observação e contemplação para entendimento do Eu. O Haṭha Yoga prepara o corpo físico e energético para podermos seguir em frente no caminho para o autoconhecimento.

Os oito passos do Aṣṭāṅga Yoga de Patañjali

A palavra sânscrita aṣṭāṅga vem das raizes, aṣṭau – oito, e aṅga – partes. Assim traduz-se Aṣṭāṅga Yoga como o Yoga em oito partes.

Os fundamentos filosóficos do Aṣṭāṅga Yoga estão em um livro chamado Yoga Sutras e é considerado o texto mais importante do Yoga clássico. Nele Patañjali sistematiza todo o conhecimento e sabedoria do Yoga. Esses sutras são um estudo da psique humana e mostra como através da prática de Yoga aprendemos sobre nós mesmos, conseguimos o controle da mente e das emoções. Supera-se então todos os obstáculos no caminho da evolução espiritual afim de se alcançar o objetivo final do Yoga, a libertação. Patañjali define Yoga como “yogaścitta-vṛtti-nirodhaḥ”, ou seja, Yoga é a cessação da [identificação com] as modificações da mente. Para então alcançar esse objetivo ele descreve um caminho em oito passos.

Estas oito partes, ou oito passos, são como ramos de uma árvores, naturalmente são ligados entre si e dependem um do outro. Essa é a base da filosofia tradicional do Yoga.

1- यम: yama – proscrições éticas

1. não violência ::: ahiṁsā

2. veracidade ::: satya

3. não roubar ::: asteya

4. não desvirtuamento da sexualidade ::: brahmacharya

5. desapego ::: āparigrahā

2- नियम: niyama – prescrições éticas

1. purificação ::: śaucha

2. contentamento ::: santoṣa

3. esforço sobre si próprio ::: tapaḥ

4. auto-estudo ::: svādhyāya

5. entrega a Īśvara ::: Īśvara praṇidhānā

3- आसन āsana – posições físicas. O āsana deve ser estável e confortável e seu objetivo é purificar, fortalecer e relaxar o corpo para as próximas etapas.

4- प्राणायाम prāṇāyāma – expansão da energia vital no corpo. Respiração e mente estão intimamente conectados, a partir desses exercícios o praticante começa o despertar de sua consciência.

5- प्रत्याहार, pratyāhāra – introspecção. É a abrstração dos sentidos, é quando consegue-se parar de prestar atenção nos estímulos externos e voltar a atenção para o interior.

6- धारणा dhāraṇā – concentração. É conseguir manter a mente concentrada em um só ponto.

7- ध्यान dhyāna – meditação. Quando a mente consegue permanecer focada em um só ponto por um período de tempo. Não há envolvimento do sujeito e do objeto, apenas observação.

8 – समाधि samādhi – Contemplação. Atingir o samādhi, é atingir o Yoga, é atingir a iluminação.

yogic_asanas_de45

Algumas citações:

“O Yoga é uma tradição de mais de 5000 anos, usada hoje em dia por milhões de pessoas no mundo inteiro para aumentar a qualidade de vida, assim como para manter a saúde e a boa forma física. Entretanto, o Yoga é muito mais do que isso: é um poderoso instrumento de crescimento e transformação pessoal, que pode levar o praticante dedicado a um estado de liberdade interior e plenitude”. Pedro Kupfer

“A felicidade não é um objeto, nem o atributo de um objeto. Você pode ser feliz em qualquer lugar. Você pode ser infeliz em qualquer lugar. A felicidade, portanto, não depende de estar ou não estar num dado lugar. A mente não é felicidade. Não há um lugar chamado felicidade. Porém, há algo que é felicidade sim: você mesmo. O Vedānta diz que você é felicidade. Você precisa aprender como conhecer essa felicidade. Precisa conhecer a si mesmo. O mundo das dualidades não perturba sua felicidade quando você conhece a si mesmo.” Swāmi Dayānanda

“Toda criação é paz, infinita e eterna. Veja a infinita consciência em tudo e fique em paz. Yoga é a cessação das experiências dos objetos. Fique no estado de yoga e faça o que você tem que fazer. Fique no estado de yoga e viva”. Laghu yoga vasiṣṭha, cxxvi:78

patanjali2

Yogasu̅tras

atha yoga̅nuśa̅sanam ||1||

Agora o ensinamento do yoga.

yogaśchittavṛttinirodaḥ ||2||

Yoga é a cessação da [identificação com] as modificações da mente.

Tada̅ draṣṭuḥ svaru̅pe´vastha̅nam ||3||

Então, aquele que vê se estabelece em sua própria natureza.

Deixe seu comentário