Quando o Yoga acontece!

O Yoga é um estado de atenção plena. Quando eu estou atenta, percebendo como funciona meu corpo, minha mente, meu intelecto eu me vejo como uma pessoa completa. O Yoga na Índia tem como objetivo Moksa, ou seja, libertação de toda a minha ignorância, de todos os meus condicionamentos. E isso só é possível quando eu deixo de me ver como um ser limitado. De outra forma sempre haverá sofrimento. E quem quer sofrer? Todos querem ser felizes. Só que as pessoas comandadas pelo ego têm a idéia de que “eu sou separado do outro” isso origina sofrimento. Se eu me vejo como uma unidade, eu não posso roubar, senão estarei roubando de mim mesma, não posso querer o que é do outro, pois percebo que já tenho tudo. Se eu tenho a idéia de que eu sou meu corpo eu sofro porque o corpo morre, e vem o medo da morte. As emoções me controlam, minha mente me controla e assim, me vendo separado eu deixo de fazer as ações que precisam ser feitas por mim. Ai então eu fico perambulando pelo mundo sem descobrir minha vocação, e vem a tristeza e outras emoções, e vem a doença e todos os outros males da ignorância.

Yoga é a atitude que está por traz de todas as ações, não importa a situação, agradável ou desagradável para mim, seja no meu trabalho, ou na minha refeição, até mesmo fazendo exercícios. Cuidando do corpo, fortalecendo ou alongando, a atitude por trás da postura é o que chamamos de Yoga. Trabalhamos o ser como um todo, não separando a mente corpo ego. Tudo faz parte da unidade. Se eu faço exercícios, meu corpo se fortalece. O Hatha Yogui faz sua prática pessoal sem visar os resultados, se o corpo fica forte, isso é resultado do meu exercício, mas não é o meu objetivo como yogui. A prática constante me ajuda a reconhecer aquilo que eu sou. E quando isso acontece, o Yoga acontece.

Yoga é um caminho que facilita a nossa jornada pela vida, já que, através auto-análise, pode-se fazer brilhar o melhor que temos para oferecer ao mundo. Yoga é esse estado no qual eu chego a me perceber como um ser pleno, livre e feliz, não a felicidade que tem oposto, mas a felicidade como a “essência” do qual eu sou feita.

Por Priscila Soar

Fotografia: Por Disnei Rian Falcão

A Priscila dá aulas de Yoga em Penha e Piçarras S/C. Para entrar em contato com ela (47) 96516270 ou pelo e-mail: pripriyoga@hotmail.com

Deixe seu comentário